Publicado por: fernanda1908 | 31/03/2009

Você se valoriza?

Hoje em dia, devido a vulgaridade de muitas músicas de funk no Rio de Janeiro, as meninas estão cada vez se desvalorizando mais. Aceitam ser chamadas de “cachorras”, “piriguetes” entre coisas muito piores e ainda acham legal. Nas letras dessas músicas, a mulher é tratada sem o menor respeito e as danças apresentam-se cada vez mais vulgares, sem falar nas roupas usadas pelas dançarinas e que são copiadas pelas meninas. É como se a mulher fosse apenas um objeto sexual que pode ser usado e abusado sem o menor problema. Vejo muitas meninas mudando radicalmente o comportamento, deixando-se levar por essa “moda”. As meninas estão praticamente atacando os meninos, exibindo-se pra eles da pior forma possível. E, dessa forma, sendo cada vez mais mal vistas pelas pessoas ao redor. Constroem sem se dar conta uma péssima fama.

Com tudo isso, o sexo está sendo visto como algo normal no dia-a-dia de muitas jovens. Algo tão normal como trocar de roupa. Os meninos por sua vez, se aproveitam ao máximo de tudo isso, mas não veem essas meninas como canditadas a serem suas namoradas e sim, como um passatempo que só servirá para ampliar a lista das “Já peguei” deles. Pra namorar mesmo, preferem, e sempre preferiram, as mais comportadas que se dão o devido valor.

Essa vida sexual prematura dos jovens de hoje em dia, tanto das meninas quanto dos meninos, é um grande problema! Empolgados com a possibilidade, incentivados pelas músicas de funk, os jovens não pensam nas consequencias que vêm junto com o prazer. Transam com qualquer um(a) sem ao menos se prevenir contra inúmeras coisas que esse ato pode trazer. Doenças sexualmente tranmissíveis existem aos montes e muitas não têm cura. Não pense que você conseguirá notar se o seu parceiro(a) tem ou não uma doença, pois elas não são visíveis no início da contaminação. Uma das piores é a AIDS. Muitos pensam: “Isso nunca vai acontecer comigo!”. Sinto informar que pode acontecer sim se não tomar todos os cuidados necessários.

Além das doenças, pode vir também uma gravidez não desejada. Pôr um filho no mundo é uma grande responsabilidade! Você tem condições de criá-lo? Terminou seus estudos? Tem sua casa? Tem um emprego? Pode oferecer uma boa vida para um filho? Ou você ainda vive com seus pais e depende deles? Olha o problemão que virá por aí! Colocar uma criança no mundo sem a menor preparação não é nenhum pouco legal. Já imaginou tudo que pode acontecer na sua vida por conta disso? Pense!!! Sua vida dará uma reviravolta imensa e a criança, que não tem culpa de nada, só irá sofrer. A camisinha está aí para ser usada e não pra enfeitar as prateleiras das farmácias. Ela salva vidas literalmente!

Fernanda Lúcia

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: